Vocês Estão Preparados Para Passar a Bola?






O que nos vem à cabeça quando ouvimos ou lemos a expressão "passar a bola".

Expressão essa muito usada dentro e fora de campo de futebol, que significa passar a vez, passar a responsabilidade, passar a palavra para outra pessoa.

Não é tão difícil pensar nessa situação, quando se tem filhos e além de casa dividir com eles o mesmo ambiente de trabalho.

É nítido entender que um adolescente do Século XIX terá características diferentes de um adolescente do início do Século XX, ou dos anos 50, 60 ou 90. E na convivência percebe-se a necessidade de compreensão dessas diferenças.

Pais e filhos não pertencem a mesma geração: nasceram em épocas diferentes, apresentam características, pensam e agem de formas distintas.

Que “gerações” são essas e como são classificadas?

Quem são as pessoas classificadas como “da geração X”? Abarca as pessoas nascidas após a Segunda Guerra Mundial até as nascidas no início dos anos 80. São pessoas que buscam a individualidade sem a perda da convivência em grupo; que tem maturidade e buscam produtos de qualidade e inteligência.

Já o dá a chamada “geração Y”, abrange as pessoas nascidas no início da década de 80 até ao final da década de 1990, segundo alguns autores ela pode se estender até os primeiros anos dos anos 2000. Como características aponta-se: estão sempre conectados, procuram informação fácil e imediata; digitam ao invés de escrever; preferem e mails a cartas; vivem em redes de relacionamento virtuais; compartilham tudo o que é seu: dados, fotos, hábitos e estão sempre em busca de novas tecnologias.

Como lidar com essas diferenças? Não tem segredo. O mais importante é perceber e ter a humildade / capacidade de querer ensinar.

Mais o que fazer quando o jovem não está assimilando aquilo que se quer ou espera dele? Nem sempre o caminho que o pai seguiria é o caminho que o filho seguirá. O que importa não é o caminho que se percorreu e sim se o resultado foi atingido.

Como exemplo, cita-se o treinador de vôlei Bernardino, que na última olimpíada não gritava na "beira da quadra" com os jogadores. E qual foi o motivo? Porque já sabia que com essa geração se a gente "grita" ela bloqueia.

Essa é a dica:

· Desde que chegue no mesmo lugar - aprenda a ir por caminhos diferentes:

· Se tiver algum tipo de atrito evite partir para o grito porque o resultado:

· Se o relacionamento desabar a sucessão nunca vai acontecer.

0 visualização

MÁRCIO MITIDIERI

 

+55 35 98875-3840

marcio@agrogenius.com.br

De Segunda-feira à Sexta-feira
das 8:00 às 17:00

Rua Santana, 170, centro,

Três Pontas, Minas Gerais

Erick Araujo Mitidieri

Rua Santana 170, centro TrÊS Pontas MG

​100.276.896-97

O livro em pré -venda começará as entreas a partir do dia 24/11/2020​

REDES SOCIAIS

  • Facebook - Black Circle
  • YouTube
  • LinkedIn - Black Circle
  • Instagram

© 2020 por Mitidieri Comunicações