Mercado de Café em Tempos de Crise



Um dos momentos mais complexos, no dia a dia do produtor rural, é o da comercialização. O produtor rural entende muito bem seu negócio no que tange da porteira pra dentro. Porém, no que tange da porteira pra fora, que é a comercialização, delega à corretora ou a cooperativa.

Corretora: é o agente do comércio que serve de intermediário na compra e venda de gêneros alimentícios e outros produtos, naturais ou manufaturados, destinados ao consumo.

Cooperativa: reúnem produtores com a mesma atividade, se organizam e unem suas produções para vendê-la ao mercado em grandes quantidades, bem como comprar insumos diretamente da indústria.

Fica muito mais cômodo, porém as grandes oportunidades estão em buscar o mercado diferenciado e só conseguimos buscar um mercado diferenciado na mesma ótica que conseguimos produzir com extrema qualidade sem sair do escritório ou da propriedade e bater na porta do comprador.

Esse comprador muitas vezes, pode não se encontrar no Brasil (Exportação).

Como fazer isso? É muito importante o investimento em comunicação:

ü Redes Sociais: estrutura formada para conectar pessoas- reunindo usuários que compactuam dos mesmos valores e interesses. Exemplo: facebook , youtube , whatsApp, messenger, wechat, instagram e muitos outros.

ü Site – “é um escritório virtual” em estabelece seu contato com clientes, fornecedores, recrutamento de funcionários e divulgação. Que seja bilingue para atingir públicos variados.

ü Publicações – turbine as publicações de forma levar o nome da fazenda ou propriedade para esse possível comprador;

ü Folder - material publicitário usado quando se precisa passar uma quantidade considerável de conteúdo, seja ele de caráter promocional (divulga